Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Diário dos papás

por anajoao2006, em 16.03.09

Achei por bem descrever um pouco da nossa situação aqui neste diário. Não tanto pelas pessoas que nos lêm mas mais pelas que nós temos esperança que nos venham a ler, os nosso filhotes, claro! O Xavier tem uma descrição detalhada de como era a nossa situação na altura em que o esperavamos e é justo que o Gabriel tenha o mesmo.


As coisas andam um pouco complicadas por cá. Eu estou em situação de bolsas de investigação constantes e desde o fim de Dezembro de 2008 que acabou a bolsa de investigação que eu tinha no âmbito de um projecto. Também é desde Dezembro de 2008 que sei que ganhei uma bolsa de doutoramento à qual me tinha candidatado. Isto é bom, claro que é, mas estamos no fim de Março e eu ainda não sei sequer quando vai ser celebrado o meu contrato no âmbito desta nova bolsa. Em termos práticos, estou sem receber desde o fim de Dezembro, o que nos complica um pouco as contas cá em casa. Como se tudo isto não bastasse ainda fui trabalhar Janeiro e Fevereiro, na esperança que a bolsa entretanto me viesse cair na conta, gastei bastante dinheiro (em proporção ao que ganhava --> nada!) em almoços e deslocações e no final nada; tive que ficar em casa. Telefonei para a FCT (entidade que concede a bolsa) e não têm qualquer previsão de quando irão rever o meu processo e enviar o contrato. Tudo isto é bem mais complicado, ou não estivessemos a falar de uma fundação do estado que concede dinheiro para o desenvolvimento da ciência, mas nem vale a pena entrat em muitas explicações. Posso só dizer que ainda não sei se tenho direito ao subsídio de maternidade, isto é, posso ficar sem receber de Janeiro até ao fim da licença de maternidade.


O pai João também vê o fim do seu contrato a 13 de Abril e não vai haver renovação. Está com umas ideias para montar o seu próprio negócio, através de um incentivo à criação do próprio emprego que consiste na atribuição das prestações do desemprego todas juntas. Isto tem dado muito que pensar, pois estando eu sem receber, se ele receber o dinheiro todo do subs. desemprego (e uma vez que tem que o investir), ficamos sem income até ao negócio do pai João dar frutos, o que não será imediatamente.


Aliado a tudo isto temos as nossas despesas, claro e alguns extras que têm surgido: um acidente de carro (onde ninguém se magoou, felizmente), a maquina do café deixou de aquecer, até o balde do lixo e a tampa da sanita partiram!


E ainda... fomos presenteados com a notícia que o Xavier vai ter que ser operado. O Xavi fez muitas otites / inflamações do ouvido durante este Inverno. Eventualmente conseguimos controlar as inflamações com anti-inflamatório e não tivemos que recorrer muitas vezes ao antibiótico. No entanto em conversa com a pediatra chegamos à conclusão que talvez fosse melhor o Xavier ser visto por um otorrinolaringologista. Lá fomos. Diagnóstico: adenóides muito grandes, audição diminuida 30%. Nunca pensei que ele já estivesse assim, aliás, nunca pensei / pensamos que ele estivesse com perda de audição. O médico foi extremamente sensato e disse que era a primeira vez que o via e que também ele se enganava, pelo que não queria estar já a indicá-lo para cirurgia, embora ele achasse que o caso assim o exige. Receitou um tratamento com glucocorticóides e antibiótico e será reavaliado dia 22 de Abril. Durante o tratamento com os glucocorticóides o Xavier melhorou a olhos vistos: deixou de ter corrimento no nariz, deixou de ressonar (eu até ia lá ver se ele estava a respirar pois não era normal eu não ouvir a sua respiração), começou a comer melhor e até estava mais bem disposto. Deixou o tratamento há 3 dias: já tem corrimento nasal e voltou a ressonar. Penso que o Xavi terá mesmo que ser submetido a cirurgia de redução dos adenóides e colocação de tubinhos de ventilação nos ouvidos. Confesso que imaginar o meu pequeno Xavier a ser submetido a uma cirurgia é algo que me apavora. Não é nada de complicado e tem uma recuperação super rápida, eu própria fui submetida à mesma cirurgia quando era criança, mas o meu filho... fico com o coração apertadinho só de pensar nisso.


Como dá para ver as coisas não andam fáceis, parece que este ano estamos em maré de azar. Tem vindo tudo ao mesmo tempo. Mas como diz o João, saldamos as nossas dívidas com o 'karma' este ano e o próximo ano vai ser espectacular. O que mais me chateia é ter andado tão stressada com tudo isto. Não faz bem a ninguém e sobretudo não faz bem ao Gabriel.


Ao escrever estas palavras e tentando transmitir a nossa situação toda de uma vez, já as coisas não me parecem tão negras, seja pelo desabafo, seja porque me estou a esquecer de várias coisas. A verdade é que tudo se resolve e as ajudas têm 'chovido' de todos os lados, somos realmente amados e é bom sentir isso.


Não sei qual a gravidez mais conturbada, neste aspecto, mas a verdade é que nenhum dos garotos se pode queixar ;)


E agora umas recordações que me deixam com a lágrima fácil.


Grávida do Xavier (não sei o tempo)


 grav xavi.jpg


 Xavier nos primeiros minutos de vida, ainda na sala de partos


sp.jpg


Xavier no dia seguinte


 euXavi.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:05



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031




Arquivos

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2006
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2005
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D