Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Xavier na escola

por anajoao2006, em 01.07.12

No começo do ano lectivo o Xavier iniciou-se numa nova escola. Ainda em idade pré-escolar foi para o Jardim Infantil da Escola dos Lagos. A escola primária onde eu e o tio andamos. No primeiro dia chorou um bocadinho, mas depois lá encheu o peito de ar e safou-se. Com o tempo foi-se adaptando, apesar de no início dizer todos os dias que não queria ir para a escola. O pior mesmo era a bata, que ele detestava. Na escola o Xavier aprendeu muito. Teve uma notável evolução no que diz respeito à localização no tempo. Talvez seja da idade, talvez seja dos conhecimentos aprendidos na escola, mas o Xavier já tem uma perfeita noção dos dias da semana, das actividades que tem cada dia, das horas a que se cumprem certas rotinas. O que ainda é bastate abstracto para ele são as quantidades de minutos e horas. Por vezes pede-me para jogar computador só um minuto e aí percebo perfeitamente que não tem grande noção de quanto é um minuto. Acho que é normal, eu lembro-me de o tempo esticar imenso quando era criança.

Na escola o Xavier também aprendeu a ser um menino menos bem comportado do que seria preferível. Se inicialmente conseguiu afastar-se dos coleguinhas que o distraíam, com o decorrer do tempo comecou a enturmar-se com os mais mal comportados chegando mesmo a seguir as pisadas deles durante umas semanas. Talvez a culpa aqui também tenha sido minha, pois eu com o intuito de conhecer melhor a relação dele com os coleguinha convidei um dos meninos da sala dele para nossa casa. Um menino que me pareceu um doce inicialmente, mas que à terceira vez que foi a nossa casa eu tomei a decisão de não o ter lá mais nenhuma vez e também não deixar o Xavier ir novamente a casa dele. Vim a saber, mais tarde, pela Professora do Xavier que esta relação o estava a levar para um caminho pouco aconselhado, tendo mesmo sido muito mal educado para uma das auxiliares que dão apoio durante a hora de almoço. Ora isto eu não posso permitir, mas a Professora não quis dar mais pormenores do que se passou porque dise já estar tudo resolvido na escola. A partir daí acho que o Xavier conseguiu alterar o seu comportamento e comecou a portar-se como devia.

Este ano, ainda tivemos direito à tradicional festinha de Natal. A turminha do Xavier enasaiou umas canções e lá foram fazer o espectáculo, mas o Xavier, ainda verde no seu novo percurso escolar não conseguiu estar em palco tanto tempo e desatou a chorar. Eu lá fui buscá-lo, mas o rapaz estava que dava dó; segundo ele: ”eu comeco a ficar muito nervoso, muito nervoso e choro”. Mesmo assim ficamos até ao fim para receber as prendinhas.

No final do ano lectivo houve uma festiha para a família onde a turminha dele ia fazer uma demonstracão de karaté (uma das actividades que tinha no prolongamento, a par da dança e do xadrês) e aí parece que já não teve poblemas nenhuns (eu tive que vir nesse dia para Oslo pelo que não pude assistir) e desempenhou o seu papel exemplarmente. No dia da mãe convidaram todas as mães para irem à escola fazer uma actividade com os filhos.Pintamos um porta velas de vidro e lanchamos chá e bolinhos que os meninso fizeram. No final eles cantaram uma cancão que andaram a ensaiar e ofereceram-nos um cacto num vaso decorado por eles. ADOREI! Durante todo o ano houveram outras actividades muito interessantes, desde irem cantar ao Centro Social S. Pedro de Vilar do Paraíso, a irem ao Pavilhão da Água passando por muitas outras actividades dentro ou ao redor da escola. Em suma, foi um bom ano, a Professora Patrícia Brandão que acompanhou o Xavier era excepcional e demonstrou ter uma enorme vocação para ensinar estas pequenas pessoas. Apresentou formas criativas de os educar, de os responsabilizar e ajudá-los a tornarem-se mais autónomos. Os trabalhos que desenvolveu incluiam sempre todos os meninos; basicamente eles fizeram sempre parte do processo criativo, do desenvolvimento da actividade e a Professora inclusivé alterava o seu objectivo principal caso surgisse uma nova ideia, vinda dela ou das crianças. Sem dúvida um exemplo a seguir e uma exclente contribuicão para o nosso panorama educacional.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:44



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031




Arquivos

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2006
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2005
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D