Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



26 quase 27 semanas...

por anajoao2006, em 03.01.06
A partir das 26 semanas, um dos sentidos que fica em total funcionamento é o ouvido. O bebé consegue ouvir os ruídos do corpo da mãe, tal como os barulhos do exterior, como as vozes ou música. Os barulhos dos intestinos da mãe, as batidas do coração, a voz do pai e mãe, ou a música que toca no seu rádio, é apreendida pelo bebé instantâneamente. Para além de os ouvir, o bebé começa a conseguir distingui-los mesmo antes de nascer.

Aí, o bebé começa logo a ter as sua próprias preferências musicais, e aquilo que mais o agrada são as músicas calmas ou melodias. Se é uma apreciadora de rock, esqueça ouvi-lo após as 26 semanas, porque o mais certo é ele começar a dar-lhe pontapés e a mexer-se muito. Se habituar o bebé a determinados sons durante a gravidez, quando ele nascer não sentirá tanta diferença e não se assustará com tanta frequência, como os restantes bebés que ouviram um determinado som pela primeira vez.

A partir das 6 meses de gestação os bebés começam a piscar os olhos, mas já a partir da 13ª semana os olhos do seu filho já estão bem desenvolvidos, embora se mantenham fechados. A luz que vem do exterior pode mesmo afectá-lo. Um foco de luz na sua direcção é motivo para que o bebé dê de imediato a volta, e comece a esfregar os olhinhos.

É habitual a mãe, o pai e, todas as pessoas com quem tenha alguma proximidade, fazerem-lhe festas, darem beijinhos ou realizar carícias na sua barriguinha. Ainda que pense que o bebé não sente esse tipo de afecto, acredite que ele recebe muito bem esses carinhos, e a sua sensibilidade ao tacto começa a ser cada vez maior. Se falar com ele, cantar-lhe uma canção ou lhe fizer uma festa, isto representará um estímulo e uma forma de se aproximar dele, mesmo antes de nascer.

A comunicação com o seu bebé será cada vez mais intensa se adoptar esta táctica. antes mesmo do nascimento da criança. O encontro com o mundo do real torna-se mais fácil, e a maneira como a criança o encara será mais natural. Os laços com o mundo real devem ser logo de início introduzidos, bem como os laços de afectividade entre pais e filho. Por causa da afectividade, é cada vez mais aconselhada a estimulação pré-natal aos pais.

o texto não é meu, mas eu assino... Maria

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:38

Ser Feliz

por anajoao2006, em 03.01.06
Chegou a nossa vez, é verdade o casal R&R (Raquel & Ricardo, mais conhecido pelos ratos) decidiu dar o seu testemunho… não podíamos de deixar de o fazer. Temos acompanhado a vossa viagem, que já ancorou num porto (lá para os lados do Alentejo). Não nos vamos pôr com grandes dissertações com desejos de felicidade… decidimos utilizar as palavras de um grande escritor para que as mesmas vos guiem ao longo da vossa eterna viagem…


"SER FELIZ"
(FERNANDO PESSOA)
"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar
irritado algumas vezes, mas não esqueço
de que a minha vida é a maior empresa do mundo,
e que posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena
viver, apesar de todos os desafios,
incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas
e tornar-se um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser
capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um "não".
É ter segurança para receber uma critica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."

Após esta reflexão só resta desejar-vos toda a felicidade possível, poderão aparecer pedras no caminho (e de certeza que vão aparecer), mas podem ter a certeza que juntamente com todos os/as amigos/as a torcer por vocês vão construir um grande e bonito castelo…
Que sejam felizes hoje e sempre… Raquel & Ricardo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:27


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2006

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031




Arquivos

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2006
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2005
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D